CRECHE BENTO QUIRINO - Educando com muito amor

A primeira Creche de Campinas

 

1914 – O Bispo Dom Nery fundou a entidade graças ao recurso financeiro do fazendeiro Bento Quirino, que era solteiro e que deixou seu patrimônio em cotas para varias instituições. Dentre essas, estava a Creche Bento Quirino que foi edificada em terreno cedido pelo poder municipal (antigo Cemitério dos Escravos, desativado após a Abolição dos Escravos).

 

Qual foi o motivo da fundação?

 

Em Campinas havia o orfanato “São Francisco”, numa casa que não comportava a demanda de crianças órfãs da cidade, por conta da epidemia de febre amarela que assolava a cidade.

Com a fundação da Creche Bento Quirino e a criação do banco de leite, chamado “Gota de leite”, não só as crianças órfãs eram atendidas, mas também as crianças cujas mães estavam doentes.

 

1946 – Com o passar dos anos, a maior necessidade e demanda da época era para crianças externas e a entidade passou a atender crianças externas com atividades integrais. Esse atendimento era feito somente para filhos de mães pobres que trabalhavam fora do lar. Desde 1.914 a entidade era dirigida pelas irmãs franciscanas do coração de Maria, pertencendo a Arquidiocese de Campinas e encerrada em  1983.

 

1948 – A creche passava por dificuldades financeiras, sendo instituída uma diretoria com senhoras da sociedade campineira e Mantenedora da creche, intitulada: Sociedade Feminina de Assistência à infância.

 

1994 – O prédio de instalação da creche,  foi tombado como patrimônio histórico em resolução nº 16, de 03 de fevereiro de 1994 pelo Condepacc. Esse tombamento veio a acontecer devido ao estilo arquitetônico da edificação, pois ela se enquadra como art-noveau demonstradas nas ornamentações em ferro, nas curvas do porão e de revestimentos da fachada. Assim como nos elementos florais decorativos, e janelas tri-partides. A área construída equivale a 3.000 m2, no centro do município de Campinas.

 

1996 – Fundação VITAE, inglesa, fundada por empresários mineradores que exploravam ouro na Africa do Sul fez uma doação que  possibilitou uma primeira reforma no prédio.

 

1997 – Fundação da unidade II, no jd. Itatinga. Um empresário campineiro concedeu imóvel no Jd. Itatinga para atendimento sócio-educativo das crianças em período integral, da região sudoeste da cidade.

 

2001 –  Doação do Consulado geral do Japão e parceria com a TEXACO possibilitou  uma 2ª reforma do galpão/varanda, reforma dos banheiros sanitários, parquinho das crianças e equipamentos para o parque. Além disso, houve também a montagem da sala de informática, pintura interna e externa.

 

2009 – Com recursos financeiros, do Conselho Municipal dos Direitos das Crianças e Adolescentes (1%) e (6%) IR, foi montado laboratório de informática com 12 computadores, uma impressora, todos mantidos em rede, e dois computadores com programas específicos para crianças de 02 e 06 anos, que foram doados pela IBM.

O que viabilizou a implementação do projeto CONEXÃO JOVEM com atendimento a crianças de 6 à 14 anos,  os adolescentes da unidade 2 e as famílias das duas unidades

 

2010 – Foi investido recursos financeiros, do Conselho municipal dos direitos das crianças e adolescentes (1%) e (6%) IR, para adequação de todo sistema de segurança conforme legislação do corpo de bombeiro, adequação das orientações da vigilância sanitária. Além disso, a White Martins doou, aparelho televisor, ventiladores, um aparelho de som.

 

O relato acima demonstra, que no transcorrer dos anos, a Creche Bento Quirino tem tido o cuidado com dois patrimônios: o patrimônio histórico e nossas crianças: Buscando parcerias que impedissem a degradação do prédio ao mesmo tempo em que procurava desenvolver projetos sócio educativos que contemplassem noções de saúde, higiene, conceitos de cidadania e culturais.

 

A coordenação pedagógica da entidade acredita que não é possível desenvolver um projeto Educacional sem o auxilio da arte. Por isto em seu quadro de funcionários sempre contou com uma professora de arte-educação que conduzisse as crianças/adolescentes através dos vários meandros da arte: pintura – música e dança. Quer explorando aspectos folclóricos da nossa cultura, quer incentivando-os à musica e à manifestações teatrais.

Qual a idade exata do prédio?

O prédio foi construído e inaugurado em fevereiro de 1.914

Com recursos financeiros  do Bento Quirino, valor este que consta em seu testamento,(50 contos de réis) e  apoio do Bispo D. Nery.

Na época após a epidemia da febre amarela que dizimou vários cidadãos campineiros, o orfanato então existente não comportava tantos órfãos. Orfanato existente era denominado Orfanato São Francisco.

Após a inauguração do prédio inicia-se o funcionamento do Orfanato, do banco de Leite denominado Gotta de Leite, mais tarde é iniciado o atendimento de crianças em regime de externato.

 

Qual o estilo arquitetônico do imóvel? E o nome do engenheiro responsável.

Engenheiro Responsável Fontini.

Construção em estilo art noveau.

O terreno foi cedido pelo poder municipal, antigo Cemitério dos Escravos.

 

Área do terreno três mil metros quadrados.

A instituição sócioeducacional Bento Quirino é voltada à formação de crianças e adolescentes com vulnerabilidade social.

A Sociedade Feminina de Assistência à Infância mantém hoje cerca de 500 crianças, alem de prestar suporte a suas famílias minimizando o risco pessoal e vulnerabilidades sociais.

Educação Infantil para crianças de 2 a 6 anos.Atenção em período integral com foco no desenvolvimento infantil e estímulos pedagógicos adequados à faixa etária e Complemento escolar para crianças de 06 a 14 anos.com atividades no período oposto ao escolar, como informática, incentivo a leitura, música, grupos de cidadania e afazeres escolares.

São oferecidas as principais refeições: café da manhã, almoço, lanche e jantar.

 

Funciona em duas Unidades:

Unidade Centro: Rua Conego Cipião 802 e Unidade II – Jardim Itatinga Rua Eldorado 156 – Jardim Itatinga.

Tem como pilares:

Transparência – Ética – Espírito colaborativo – Respeito às diferenças culturais, de credo e aspirações familiares

Contam com 53 funcionários nas duas unidades: Pedagogos, professores, assistente social, psicólogo, professores de música,informática e educação física e outros funcionários de apoio.

 

Temos como meta o RESTAURO da Unidade I Centro, e o

Engenheiro responsável pela execução do restauro, Engenheiro Hebert Carvente Faustino.

"Existe um lugar encantado......Onde a infância dura mais de 100 anos."